Venha conhecer! 
 
(19) 9 9795-5965
Rua Santo Anastácio 78
Jardim Nova Europa - Campinas-SP
  • Facebook Clean
  • Ícone do App Instagram

© 2014-2019 by Tendere

Oficina de Renda Tenerife (ou renda sol)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A RUBBO lança um curso inesquecível, de viagem pela beleza e pela memória das nossas manualidades. Trata-se do curso de Renda Tenerife (também conhecida como renda sol ou renda nhanduti).

 

A tenerife é uma renda modular cujo motivo é tecido com a agulha sobre uma trama radial, formato de teia de aranha, que é o significado do nome nhanduti. É montado sobre um bastidor redondo, que pode ser de tamanhos variados.

 

O Curso de Iniciação da Renda Tenerife faz o participante se familiarizar com a montagem do urdimento radial num delicado bastidor de madeira, com os pontos básicos da renda e a composição de motivos. É um curso totalmente prático!

Tudo isso, é claro, permeado com a história e com amostras da renda trazidas dos diversos locais em que é tecida e aproximando os alunos desse patrimônio em vias de esquecimento.

Material completo incluso!

 

data: aguarde as próximas turmas!

horario: 

preço: 

 

 

Objetivo: Iniciar o aluno na técnica de tecer a renda de agulha e com ela desenvolver motivos e peças. Apresentar a renda tenerife ou nhanduti, sua história e diversidade.


 

Público-alvo: Pessoas maiores de 16 anos preferencialmente com formação anterior em oficinas de tecelagem e/ou manifesto interesse no aprendizado de técnicas artesanais.


 

Carga horária: 14 horas/4 encontros com 3 horas e meia com intervalo de 20 minutos

 

Vagas: 4-6 vagas


 

Conteúdo do curso:

- Noções básicas da estrutura e da história da técnica: as rendas bordadas, as rendas de trama radial.

- Renda modular, fios e bastidores. Manuseio do bastidor (tear) e montagem do urdume radial no tear de 2 fios.

- Ensino dos pontos básicos. Os pontos básicos: serzido (guipure) e nó (filet). A estrutura e composição dos motivos. Desenhando com ponto serzido (guipure): motivo. Desenhando com ponto nó (filet): motivo. Pontos fantasia: iniciando um repertório.

- Acabamento: arremate e desmontagem do módulo. A renda não gosta de vazios: meia lua (kurusu), barrado.

- União de módulos: unir renda é fazer renda. Montagem de uma peça.

 

 

Material (incluso):

Linhas,

barbante fino,

agulhas,

2 bastidores e feltro 30x30.

Manual de apoio será fornecido em classe.

Professora: ELIZABETH CORREA é formada em Artes Visuais pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP, 1971-78) tendo transitado pela cenografia e artes gráficas até a década de 2000. Retornou às artes aplicadas com a renda artesanal em 2006-7, desde quando vem desvendando as rendas de trama radial que se aculturaram na América com especial foco na RENDA TENERIFE, formato que a tecelagem tomou no Brasil.

Autodidata na pesquisa e no resgate da tecelagem, com suporte da ONG NHANDUTI DE ATIBAIA e junto com CICERA MENDES DA SILVA, outra integrante do projeto, resgatou a técnica de tecer a renda artesanal a partir da literatura e de velhos manuais, tirando do esquecimento a RENDA TENERIFE como era tecida até o início do Séc.XX.  

Aperfeiçoou sua formação de mestre rendeira com Cursos de Renda de Agulha no Centro Internacional de Renda de Bruges (Kantcentrum/Bélgica – 2013 e 2014) e Cursos Livres em Encontros Internacionais de Associações de Rendeiras às quais se filiou (OIDFA-Organisation Internationale de la Dentelle au Fuseau et à l’Aiguille, 2012; IOLI-International Organisation of Lace Inc., 2015 e 2016).

Tem participado de palestras (Artesol e Ponto Solidário, 2015) e máster classes (RENDA BRASILEIRA SESC/Belenzinho, 2013; Museu De la Historia Del Traje, Buenos Aires, 2015) e levado a produção de RENDA TENERIFE para exposições nacionais (OBJETO BRASILEIRO-A CASA,2010; RENDA BRASILEIRA-SESC/Belenzinho, 2013; DESIGN+TEXTIL-LivCultura, 2015) e internacionais (LACEMAKERS, Inglaterra/UK, 2014; 63º IOLI CONVENTION-Indianápolis/EE.UU, 2016).  

Perseguindo cumprir o objetivo de promover e difundir a RENDA TENERIFE, desde 2011 dá workshops e cursos em ateliês privados e feiras (6º FEST. PATCHWORK E ARTES AFINS-Curitiba,2016) e na rede SESC (SESC/Belenzinho, 2011 e 2012; SESC/Campinas, 2014; SESC/Carmo,2016).