A costureira está de volta

Ser costureira está na moda!

Essa matéria confirma o que a gente já sabia: as habilidades manuais estão sendo mais valorizadas e mais procuradas do que nunca.

Maria Joana Berti não tem do que reclamar: “Essa semana, que é semana de formatura, tem uns 8, 9 vestidos para sair”, diz dona Maria, sorrindo. Se por um período acabaram sendo esquecidas, de um tempo para cá, as pessoas querem cada vez mais roupas feitas sob medida. Ainda mais para uma ocasião especial, como uma formatura ou casamento – quem vai querer usar roupas igual a todo mundo, caras e com qualidade duvidosa?

Por outro lado, comprar roupa nova ficou difícil, ainda mais em períodos econômicos sombrios. Portanto, as reformas são cada vez mais requisitadas. Reaproveitar peças que estavam paradas é a melhor forma de economizar – e ainda consumir consciente. Essa é uma maneira da costureira manter um fluxo constante de clientes.

Mesmo as novas gerações estão sendo incentivadas a investir nessa antiga profissão. A pequena Elisa, de 11 anos, está aprendendo a costurar e já faz suas próprias almofadas e lembranças de aniversário. “É bem legal, muito interessante! Espero um dia conseguir fazer uma roupa”, diz a garota.

Já deu para entender que costurar não é coisa do passado. É mais atual do que nunca. E pra você, o que falta para por a mão na massa?

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Venha conhecer! 
 (19) 9 9795-5965
Rua Santo Anastácio 78 - Jardim Nova Europa - Campinas-SP
  • Facebook Clean
  • Ícone do App Instagram

© 2014-2019 by Tendere